Senado exclui projeto de criminalização da homofobia do texto do novo Código Penal; Assista

76

O projeto de criminalização da homofobia foi excluído do texto do novo Código Penal pelo relator, senador Vital do Rêgo (PMDB-PB). A decisão foi tomada após sugestão da consultoria jurídica do Senado.

A proposta de criminalização da homofobia, defendida pela senadora Marta Suplicy (PT-SP), havia sido apensada ao projeto do novo Código Penal no dia 17 de dezembro de 2013, quando  foi aprovado um requerimento do senador Eduardo Lopes (PRB-RJ) para incluir o PLC 122 na discussão da reforma do Código Penal.

Exatamente um ano depois, o projeto de criminalização da homofobia volta à estaca zero, devendo ser rediscutido na Comissão de Direitos Humanos do Senado.

“A consultoria [jurídica] nos deu elementos para pedir o desapensamento. O apensamento foi feito de maneira equivocada porque [a criminalização da homofobia] não é uma matéria de Código [Penal], é uma matéria que precisa ser tratada antes no impacto legislativo. Acho que esses crimes de ódio devem ser punidos exemplarmente, e espero que o Congresso se pronuncie”, disse Vital do Rêgo à TV Senado.


Marta Suplicy criticou a retirada do projeto de criminalização da homofobia da pauta do novo Código Penal: “Ficamos nesse jogo. Enquanto isso, milhares de pessoas são vilipendiadas. Existe crime de racismo, existe crime religioso, existe crime de preconceito regional e nacional e não existe crime de orientação sexual, sendo que quem está morrendo na rua hoje é homossexual?”, questionou a senadora durante sessão da Comissão de Constituição e Justiça (CCJ).

Assista:

Assine o Canal

Mobilização

A iminência da aprovação do projeto de criminalização da homofobia mobilizou formadores de opinião no meio cristão para motivar os cidadãos a exigir dos parlamentares que trechos do projeto que atentam contra a liberdade de expressão, religião e culto sejam retirados da proposta.

Para o blogueiro Danilo Fernandes, do Genizah, o projeto que Marta Suplicy queria aprovar embutido no novo Código Penal ressuscitava “todas as absurdas propostas do PLC 122/2006”. Essas propostas ficaram conhecidas no meio evangélico como “mordaça gay”, por prever punição a quem pregasse contra a homossexualidade.

76 COMENTÁRIOS

  1. homossexualismo é pecado e ponto final. E falar que isso é pecado não é ser homofóbico, e sim biblicamente coerente.

    A homofobia é quando alguém agride/mata alguém por conta de sua orientação sexual… Eu jamais vi um cristão ou evangélico, ou testemunha de jeová, ou mórmon e demais religiões matando homossexuais por aí… sempre é gente do próprio meio deles ou grupos radicais já conhecidos pelos crimes de ódio como skin heads, neonazistas etc.

    E não é necessária uma lei que castigue quem pratica crimes contra homossexuais, pois eles já estão amparados pelas leis já existentes para todos os outros grupos da sociedade… criar um lei específica para homossexuais agredidos passa uma imagem de que são diferentes de todo o resto.

    Matar alguém? minima de 12 anos, seja de que raça, sexo, religião, classe social for a vitima.

    ” todos são iguais perante a lei”

    • O casal qua levou uma lâmpada na cabeça na av. Paulista não era skin head. O pai que abraçava o filho e teve a orelha decepada também não. A homofobia atinge a todos.

      O problema é que o discurso contra a homossexualidade, de fundo religioso, ampara todas as atitudes de agressões, injúrias e assassinatos. Pergunte ao Maníaco do Arco-Íris ou a qualquer um que estirpa direitos civis dos LGBTS porque assim o fazem: a resposta sempre tem fundo religioso.

      Mais uma vez: a discurssão aqui nao é teológica. Devemos, antes, discutir direitos humanos, tentar promover uma igualdade jurídica entre todos os cidadãos.

      • “O casal qua levou uma lâmpada na cabeça na av. Paulista não era skin head. O pai que abraçava o filho e teve a orelha decepada também não”

        Breno, sugiro que vc releia o meu comentário… eu disse que homossexuais é que costumam ser agredidos por skin heads, e não que os skin heads eram vitimas de agressões.

        dificil comentar nesse site. A gente escreve uma coisa e o povo entende outra.

        • Rapaz, não reli o que escrevi. O que quis dizer é que os agressores não são somente neonazistas.

          O difícil é repetir sempre as mesmas coisas em prol dos direitos humanos e as pessoas ficarem sempre repetindo as mesmas idéias descriminatórias.

          • Breno

            convido vc de novo a reler o que escrevi em meu primeiro comentário… nunca disse que os homossexuais são vitimas somente de skinheads… são vitimas dos seus próprios iguais, são vitimas de pessoas que vivem do ódio como skinheads e neonazistas.

            Nunca vi uma pessoa de alguma religião agredir um homossexual. Vc pode indicar algum caso em que algum cristão ou evangélico tenha feito isso?

      • Não é verdade que a motivação para agredir homossexuais seja religiosa ,há pessoas que não precisam de religião para odiar os outros ; e para o cristianismo sempre foi pecado não há relação com o aumento da violência contra eles isso é pretexto dos ativistas.

        • Infelizmente você não está contextualizado. Veja as estatísticas. Visualize as motivações dos agressores. Leia. Todos os dias eu vejo os jornais, vários sites, e sempre encontro uma publicação de violência em alguma parte do país. As motivações sempre são religiosas.

        • Aos comentaristas Stardust, Dias e quem mais interessar.

          A propósito da influência de discursos homofóbicos evangélicos na produção da violência física e simbólica contra as pessoas de orientação afetiva homossexual:

          quando pessoas como Malafaia, Feliciano, Bolsonaro, João Campos, Julio Severo, Olavo de Carvalho e outros líderes políticos e religiosos proferem discursos contrários aos direitos civis das pessoas homoafetivas e, indo mais além, apresentam essas pessoas em contextos delirantes de teorias conspiratórias (que os gays vão destruir a família, a igreja, a sociedade), esse discurso de ódio acaba exercendo na mente de milhares – talvez milhões – de pessoas, principalmente aquelas mais sugestivas e ignorantes dos fatos, a ideação de que os homossexuais devem mesmo ser essas pessoas más, pois, do contrário, contra elas não falariam pessoas tidas como exemplares – e não o são – por multidões de crentes fundamentalistas, bem como de direitistas ultraconservadores e reacionários, produzindo, em certo percentual de pessoas altamente influenciáveis e manipuláveis, a ideação e prática de violência contra os homossexuais. Daí dizermos que os evangélicos e outros fundamentalistas, na pessoa de certas de suas lideranças irresponsáveis, estão, sim, incitando o ódio e a violência contra a minoria homoafetiva. E o Congresso Nacional, por sua vergonhosa omissão frente à necessidade urgente de uma lei que tipifique e puna a homofobia, ainda responderá moralmente perante Deus e a história pelo fato de que a cada dia aumenta ainda mais a violência contra LGBT’s.

          • “Daí dizermos que os evangélicos e outros fundamentalistas, na pessoa de certas de suas lideranças irresponsáveis, estão, sim, incitando o ódio e a violência contra a minoria homoafetiva”

            Sandro, nunca vi um lider evangélico (e falo com total isenção pq não sou evangélico) incitar seus membros a agredirem os homossexuais… isso é discurso para vcs tentarem fundamentar os privilégios que vcs tanto almejam.

            Homossexualismo é pecado e tenho todo o direito como cristão e cidadão de dizer isso abertamente. Da mesma forma que vc tem todo direito como homossexual e cidadão de dizer que não concorda. Nem por isso vou te agredir, e vc me agredir.

            Democracia é isso.

  2. Que beleza de noticia. Agora posso dar na cara das aberrações gays sem problema. Isso sim é progresso. o brasil agora esá caminhado a passos largos para ser uma super potencia.Afinal não se pode defender esses monstros homosexuais que espalham doenças por ai.

  3. Tudo que tenho a declarar é: Glória a DEUS!

    Mais uma vez, DEUS prova que, ainda que o diabo e seus súditos caminhem alguns passos, seus destinos NUNCA serão atingidos!

    A maior de todas as declarações de direitos humanos, é o Evangelho.

    Continuaremos anunciando que a sodomia e o lesbianismo são pecado e uma agressão desumana, autoinfligida pelos seus adeptos! Maranata!

    • Quando o Congresso Nacional não legisla, a Suprema Corte o faz.

      Em 2011 a Suprema Corte aprovou o contrato de união civil gay.

      Algum tempo após, o CNJ determinou a conversão em casamento.

      Ainda temos, neste país, a isenção e honradez da Suprema Corte.

      E tem mais: os Ministro da Suprema Corte não são corruptos.

        • Elder Lima, não estabeleça falsas ilações! Isso é muito feio, rapaz! Em que frase eu disse que os Ministros da Suprema Corte são honrados em virtude exclusiva da aprovação do contrato civil homoafetivo? E pouca vergonha é sua visão curta, a estreiteza de sua mente e a superficialidade com que você aborda os temas.

      • sandrete rainha do boquete não adianta espernear. nunca vai existir casamento de aberração gay. gay forma par para reproduzir doenças só isso. e devolva a calcinha da sua mãe aquela prostituta que te cagou.

  4. tem orgulho de ser aberração gay??? eu tenho orgulho de ser hetero e homofico. reza pra gente não se encontrar na rua aberrações , senão vai ser o sangue de vocês jorrando.

    • Breno

      Vou repetir a minha pergunta, já que vc tem dificuldade de entender as coisas: “Vc pode indicar algum caso em que algum cristão ou evangélico tenha feito isso?”

      Vc diz que há inumeros casos, mas eu só pedi que vc mostrasse um (1). Pode ser ou tá difícil?

      • Mais uma vez: leia os jornais. Procure à fundo. Investique as motivações dos infratores. Sempre justificam com as mesmas respostas: “Deus fez homem e mulher”, “Levítico disse…”, “abominação é não sei o que”,… Não penso que seja tão difícil de entender.

        Essas questões de fundo teológico fundamentam as agressões. De modo algum digo que partem de todos os religiosos, mas, de algum modo, servem como motor da infração.

        • Breno

          Cabe a quem acusa, o ônus da prova. Eu digo que cristãos e evangélicos não agridem homossexuais, e vc por outro lado diz sim que isso existe e há “inumeros casos” nos jornais…

          Então é vc quem acusa e cabe a vc provar o que diz, pois se há “inumeros casos” não deve ser problema para vc conseguir mencionar ao menos um.

          Pode ser ou tá difícil?

          • Quantos pastores vão para seus programas de TV, falar que gays são aberrações. Ou quando fazem exorcismo para tirar o demônio do corpo de um gay

            E quando a bancada evanjegue se une para limar qualquer lei que beneficie os gays ??
            Como aconteceu agora. Tirando direitos civis , que todos voces já possuem .

            E quando a mesma bancada de evanjegues se junta pra tirar de veiculação campanha de prevenção á AIDS, simplesmente porque aparece dois caras abraçados ?? ( estamos falando de uma campanha de utilidade publica das mais importantes, mas o governo abre as pernas pra bancada evangélica, que praticamente rifa os direitos dos gays )

            Tudo isso não é preconceito pra voce ???

          • felipe

            Seu protesto não me atinge, pois não sou evangélico, e não compactuo com tipos como malafaia e feliciano, mas também não compactuo com uma camada da sociedade que quer privilégios.

            Cristãos podem ser criticados, evangélicos idem, católicos, umbandistas… e os homossexuais não?

            Homossexualismo não é uma prática natural e não posso como cristão e como um ser racional concordar com isso.

            direitos civis todos nós temos, todos são iguais perante a lei. O problema é que estão querendo é privilégios… aí não dá pra concordar. E se fosse privilégios para nós cristãos eu também não concordaria.

      • Se ainda assim, não acreditar, faça algo que nunca fez. Vá ao Google Notícias e coloque “gay” ou “homofobia” e clique em buscar. Verá quantas notícias sobre injúrias, agressões e homicídios com base teológica.

        • Breno

          Se alguém mata um homossexual e diz que faz isso a mando de Deus ou qualquer outro motivo aparentemente religioso, com certeza essa pessoa não é cristão. No cristianismo matar é tão pecado quanto o homossexualismo. E os evangélicos tem essa mesma percepção.

          Então alguém matar uma pessoa por ela ser homossexual e dizer que é cristão ou evangélico não é compativel. Tanto que eu nunca vi nenhum caso assim. Vc que conhece “inumeros casos” poderia mostrar ao menos um para nós, não é verdade?

        • Perceba, em momento algum faço juízo de valor. Não avalio se tal ou qual ato é compatível com o discurso cristão. Não atrelo as fundamentações divinas sobre os crimes, de tal modo que isso possa ou não ser cristão. Quanto a isso, seria necessário um padre, pastor, rabino, xeque. O que eu afirmo – e continuamente reafirmo – é que as motivações possuem teor religioso.

          Para ser ainda mais claro: os criminosos podem não ser cristãos aos olhos dos cristãos, mas usam o discurso cristão para fundamental o crime. E é contra isso que lutamos!

          • breno

            A motivação pode até ser por motivo religioso, apesar de eu não ver skinheads e neonazistas como pessoas religiosas, mas um legitimo cristão ou evangélico não faz isso pq é contra os principios bíblicos.

            “não matarás…” já ouviu falar disso?

          • Stardust

            Esses “inúmeros casos” que eles vêem na internet (????) de evangélicos que agridem gays está apenas na cabeça deles.

            eles não conseguem nem expor uma ocorrência neste fórum!!

            é a viadagem afetando a cabeça deles….

            … e ainda se dizem inteligentes…

          • “nããããão… é que a agressão SIMBOLICA é pior……..”

            Ahhh!!! bando de gays vagabundos… vão procurar trabalho!!!

            muita gente sofreu bullying e nem por isso viveram como coitadistas!!

            baitolas nojentas…

          • STARDUST, volto a dizer: não faço juízo de valor. Não me importa se tal ou qual pessoa é de fato religiosa ou não. O que sempre expus e volto a expor, como você mesmo concordou, é que o discurso religioso é usado como fundamento para as agressões.

          • breno

            eles podem até usar o discurso religioso para agredi-los, mas a verdadeira fé em Cristo não permite agressões a qualquer tipo de pessoa.

            Ou seja, não são cristãos de vdd quem faz esse tipo de coisa.

            Pra vc entender a diferença, é como quando prendem um falso policial que aplicava golpes… vc pode dizer que ele é policial de vdd só pq esse estelionatário tinha discurso de policial? claro que não! Só pq um falso policial aplica golpes não quer dizer que a policia aplica golpes, tem muita diferença.

            Da mesma forma, uma pessoa que usa um pseudo-discurso de religião para agredir homossexuais não faz dela um cristão. Entenda essa diferença óbvia.

  5. É o comunismo do PT dividindo a sociedade em classes, sempre foi assim e nunca vai mudar. Me entristece os inocentes que se sentem representados por essa gente achando que o interesse deles é em defendê-los de um espantalho que eles mesmos criam quando na verdade não passam de massa de manobra ou peças de um tabuleiro a serviço de quem joga.

    Acordem, tanto evangélicos como gays, estão se degladiando enquanto o comunismo dá risada da cara de vocês. Perdem tempo com estas questões enquanto os desvios de dinheiro publico ocorrem aos montes.

    • Comunismo do PT? Nunca na história deste país banqueiros, empreiteiros, barões da mídia e do agronegócio lucraram tantas montanhas de dinheiro e você vem falar em comunismo? Vá ser pateta assim na disneylandia, seu desinformado de pedra!!!

      • Pare de ser inocente, o Comunismo mudou faz muito tempo, se deram conta de que só há uma coisa que não conseguem estatizar que é a economia, sem ela o regime não funciona, basta ver a China e até mesmo a União Soviética que na semana seguinte à queda do regime se deparacom o surgimento de dezenas de bilionários, ou seja, o sistema economico capitalista sempre existiu, ou oficialmente ou clandestinamente com vistas grossas do governo.

        Não existe Comunismo sem uma economia Capitalista, eles socializam todo o resto mas a economia é intocável.

        E isso mudou no inicio do século XX e muito propagado por Gramsci mas os bobinhos ainda estão em Karl Marx que já está ultrapassado a mais de um século pelos próprios comunistas.

          • Pra quem se diz filósofo o mínimo que eu esperava de você era algo simples, um argumento, infelizmente, como quase sempre, quando não conseguem desqualificar a mensagem partem para desqualificar o mensageiro. Não são diferentes em NADA do que chamam de fundamentalistas.

    • Não sou comunista, embora tenha tendências socialistas. Não leria Marx. Opto por um Proudhon e um Stirner ou até mesmo um Bakunin, grande inspiração. Mas o que temos visto é o inverso, o capitalismo dividindo em massas. Alguns sociólogos dizem até que a terminologia “classes” era específica do século XIX, não sendo apropriada para a atualidade.

      • Entendo sua visão. O comunismo sempre agiu assim, embaçando a visão e a mente das pessoas fazendo-se parecer inofensivo até o golpe fatal. Há quem hoje chegue até ao ponto de dizer que o Comunismo nem existe mais. Quem viver verá.

        O grande problema é que as pessoas querem entender o comunismo através de escritores não comunistas, como seu caso mesmo que disse que nunca leria Marx, só quem conhece o que eles mesmos escreveram e publicaram quanto à estratégias irão entender como ele funciona.

  6. Nâo consigo acreditar que existe pessoas que defendem a violencia… queria muito que todos praticassem a verdadeira Lei que é a do Amor… se amassemos uns aos outros entenderiamos cada um na sua condição e na sua particularidade….
    #AFavorDaCriminalizaçãoDaHOMOFOBIA

  7. A questao toda não é nem acusar os evangelicos de cometer os crimes, e sim erradicar os crimes contra os homosexuais, não queremos privilélios, queremos segurança ao andar na rua…!

  8. Na verdade, os cristãos – no Brasil – não podem ser criticados, visto que a crítica pode ser entendida como prática discriminatória e enquadrada na lei 9.459/1997 que, em seu 20º artigo prevê uma punição de, até, 03 anos, para quem “criticar” pessoas religiosas. Isso não se aplica aos homossexuais – é claro! – que, com a ajuda do “povo de Deus” pode continuar sendo ofendido, xingado, discriminado que – para eles – isso é apenas reflexo de uma sociedade “justa” que trata a todos de maneira igual. Hipocrisia é a religião que move esse povo!

    • Sr. Madson, que comentário chulo o seu, não se trata de lei disso ou daquilo o que vocês (Homossexuais) estão querendo é um direito que todo cidadão tem, independente do seu credo religioso, o que diz a constituição que é manifesto (permitido) a liberdade de pensamento, sendo proibido o anonimato.
      Ser um gay, é uma escolha sua não de daqueles que acham correto a relação homem e mulher.
      Portanto, fica o recado Sr. Madson, uma lei especialmente para os homossexuais lhe como coloca uma espécie em extinção.

    • Madson, entendo sua boa vontade, mas a crítica é sempre permitida. O que não é permitido é tudo aquilo tipificado na lei como crime (injúria, calúnia, difamação).

      Se fosse proibido criticar cristãos, como é que eles fariam para seguir criticando-se mutuamente, já que entre igrejeiros só há proselitismos, contendas e confusão?

  9. Cara, essa notícia me deixou bem pra baixo. Há pessoas morrendo e sendo violentadas graças ao preconceito estimulado por pensadores ditos “Cristãos”. E ainda alegam coisas absurdas, como “liberdade de expressão e de culto”. Gente, não existe direito absoluto. Não existe Direito garantido pela constituição que tenha aplicação 100% plena. Vocês não podem usar a liberdade religiosa e a liberdade de culto para machucar e ferir outras pessoas, seja psicologicamente, emocionalmente ou fisicamente.

    Se você não se considera homofóbico mas acha que é bacana advogar contra homossexuais, e que isso é liberdade de pensamento e de expressão, pense no seguinte: Troque a palavra Gay pela palavra Negro. Se a nova frase soar racista, é porque a frase original é homofóbica.

    Exemplo: “Que nojo de ver dois gays se beijando na rua”

    “Que nojo de ver dois Negros se beijando na rua”. Soou racista? Então ambas as frases estão erradas.

    Criem um pouco de empatia pelos seres humanos ao seu redor. Porque, do jeito que está, com religiosos se comportando desse jeito em nome de uma fé que eles não entenderam (amar o próximo pra quê, né?), eu não consigo deixar de pensar que o mundo estaria bem melhor sem a presença de crentes na superfície da Terra. Queria que vocês me provassem que estou errado evoluindo e se tornando pessoas melhores, mas, creio que isso não passa de um sonho.

  10. DEUS NOS LIVRE DE TODAS AS FOBIAS, SEJAM DONDE VIEREM, MAS A VERDADE É SÓ UMA, SÓ ACEITO ESTA LEI SE INCLUIREM CRENTE FOBIA IDOSOS MULHERES E CRIANÇAS, NESTA MESMA LEI, OU SEJA, SE ESTA CASTA RALÉ DA SOCIEDADE CHAMADOS GAYS, CHAMAREM OS CRENTES DE EVANJEGUES DE LADRÕES CADEIA PARA ELES, SE ESTES GAYS QUE SÃO PEDÓFILOS PEGAREM CADEIA SEM DIREITO A FIANÇA, SE ESTES GAYS QUE MALTRATAM SEUS PRÓPRIOS PARES QUANDO SE AGREDIREM E SE MATAREM FICAREM PRESOS, SE MULHERES CRIANÇAS E VELHOS TIVEREM O MESMO DIREITO E VA PARA CADEIA SEUS AGRESSORES DA MESMA MANEIRO QUE OS HOMOFÓBICOS EU ACEITO.

  11. Nunca vi ninguém ir pra cadeia por xingar, desfazer, humilhar um cristão!
    Sou contra qualquer tipo de fobia!
    Utimamente estávamos escravos dessa lei exclusiva, porque ser contra qualquer atitude errada ou que escandalize de qualquer outra pessoa pode ser aceita, mas se essa pessoa fosse gay era homofobia! Então eles poderiam fazer o que bem entendesse e nos tornar escravos de suas irresponsabilidades. Porque não concordar com qualquer atitude errada deles era homofobia!
    Que fique bem claro, estou falando de atitude, ações e não de pessoas!

  12. Quando o Congresso Nacional não legisla, a Suprema Corte o faz.

    Em 2011 a Suprema Corte aprovou o contrato de união civil gay.

    Algum tempo após, o CNJ determinou a conversão em casamento.

    Ainda temos, neste país, a isenção e honradez da Suprema Corte.

    E tem mais: os Ministro da Suprema Corte não são corruptos.

    • Creio, Sandro, que vivemos uma história relitínea sob alguns aspectos. Conquistas sociais, como tais que você apontou, tendem a se cristalizar cada vez mais.

      Devem se lembrar que no país o divórcio era proibido. Quando a lei que permitia o divórcio foi criada, defensores da família proclamaram que ela distruiria o lar, disseminaria a corrupção de menores, casas sem pai ou mãe. Mas hoje isso não é mais discutido. Foi sancionado pela cultura popular.

      Ocorrerá o mesmo com o casamento homoafetivo.

      • “Devem se lembrar que no país o divórcio era proibido. Quando a lei que permitia o divórcio foi criada, defensores da família proclamaram que ela distruiria o lar, disseminaria a corrupção de menores, casas sem pai ou mãe.”

        Eu pergunto: Não foi exatamente o que ocorreu com a nossa sociedade?

  13. Aos comentaristas Stardust, Dias e a quem mais interessar possa.

    A propósito da influência de discursos homofóbicos evangélicos na produção da violência física e simbólica contra as pessoas de orientação afetiva homossexual:

    quando pessoas como Malafaia, Feliciano, Bolsonaro, João Campos, Julio Severo, Olavo de Carvalho e outros líderes políticos e religiosos proferem discursos contrários aos direitos civis das pessoas homoafetivas, e, indo mais além, apresentam essas pessoas em contextos delirantes de teorias conspiratórias (que os gays vão destruir a família, a igreja, a sociedade), esse discurso de ódio acaba exercendo na mente de milhares – talvez milhões – de pessoas, principalmente aquelas mais sugestivas e ignorantes dos fatos, a ideia de que os homossexuais devem mesmo ser essas pessoas más, pois, do contrário, contra elas não falariam pessoas tidas como exemplares – e não o são! – por multidões de crentes fundamentalistas, bem como de direitistas ultraconservadores e reacionários, produzindo, em certo percentual de pessoas altamente influenciáveis e manipuláveis, a ideação e prática de violência contra os homossexuais, daí dizermos que os evangélicos e outros fundamentalistas, na pessoa de certas de suas lideranças irresponsáveis, estão, sim, incitando o ódio e a violência contra a minoria homoafetiva. E o Congresso Nacional, por sua vergonhosa omissão frente à necessidade urgente de uma lei que tipifique e puna a homofobia, ainda responderá moralmente perante Deus e a história pelo fato de que a cada dia aumenta mais e mais a violência contra LGBT’s.

    • “Daí dizermos que os evangélicos e outros fundamentalistas, na pessoa de certas de suas lideranças irresponsáveis, estão, sim, incitando o ódio e a violência contra a minoria homoafetiva”

      Sandro, nunca vi um lider evangélico (e falo com total isenção pq não sou evangélico) incitar seus membros a agredirem os homossexuais… isso é discurso para vcs tentarem fundamentar os privilégios que vcs tanto almejam.

      Homossexualismo é pecado e tenho todo o direito como cristão e cidadão de dizer isso abertamente. Da mesma forma que vc tem todo direito como homossexual e cidadão de dizer que não concorda. Nem por isso vou te agredir, e vc me agredir.

      Democracia é isso.

  14. Para o amigão Breno e o resto da turma da linguiça:

    “procure os inúmeros casos de gays na internet”

    sim.. mas quase todos (senão todos) não tem ligação com os evangélicos… como vcs querem IMPOR, dando de coitadistas

    “mas o pior é a agressão SIMBOLICA que..”

    Ahhh!!! bando de gays vagabundos… vão procurar trabalho!!!

    muita gente sofreu bullying e nem por isso viveram como coitadistas!!

    baitolas nojentas…

    • Como o seu comentário tem um leve verniz de seriedade – estou sendo muito condescendente com você – vou comentar alguns tópicos seus:

      “sim.. mas quase todos (senão todos) não tem ligação com os evangélicos… como vcs querem IMPOR, dando de coitadistas”

      Pode não ter ligação direta com os evangélicos, mas as falas, os discursos homofóbicos de homens como Feliciano, Malafaia, Bolsonaro, etc., chegam aos ouvidos de milhões de pessoas e, dentre essas, caem como faíscas no solo inflamável das mentes perturbadas de psicopatas que pensar fazer um grande serviço a Deus e a nação perseguindo, torturando e matando homossexuais. Já pensou como Hitler despertou a fúria de tantas pessoas contra os judeus?

      ““mas o pior é a agressão SIMBOLICA que..””

      A violência simbólica (humilhações, xingos, ameaças, etc.) são, de fato, agressões muito graves e trazem tanto sofrimento – talvez mais – que agressões físicas pelo que causa de transtornos psíquicos, traumas e desequilíbrios de mente e corpo.

      “Ahhh!!! bando de gays vagabundos… vão procurar trabalho!!!”

      Os gays somos os que mais estudamos e trabalhamos, daí decorrendo o fato de estarmos sempre em melhor condição financeira que muitos de nossos inimigos.

      “muita gente sofreu bullying e nem por isso viveram como coitadistas!!”

      De bullyng e outras formas de violência simbólica você só entende o lado de quem pratica, nunca de quem sofre. Só quem esta na pele de gay sabe o que passamos.

      Sua última frase só faz por demonstrar o quão medriocre e triste você é.

      Sim, eu afirmo, você é muito triste, porque quem é feliz ama, e você só odeia.

      • pretextos…

        querem botar culpa nos evangélicos, as bichinhas nojentas que são espancadas pelos namorados…

        “De bullyng e outras formas de violência simbólica você só entende o lado de quem pratica, nunca de quem sofre”

        relaxa, fofa.. quem disse que não sofri bullying?

        Como eu disse, querem usar desse pretexto pra mamar na banana do governo e à nossas custas

        “Os gays somos os que mais estudamos e trabalhamos, daí decorrendo o fato de estarmos sempre em melhor condição financeira que muitos de nossos inimigos.”

        Os que mais trabalham e estudam??
        TA SERTO!!!

        • Gays que batem em gays são muitas vezes eles próprios vítimas da violência simbólica, e, desta forma, se tornam agressores. Conheci um carinha que tinha um amigo gay que, assim que transava, se colocava a chorar e a orar pedindo perdão a Deus por haver praticado sexo gay. E insistia para que seu parceiro orasse junto também. Neste caso, a perturbação do jovem gay, causada com certeza pela violência simbólica que o oprimia e não deixava viver em paz sua sexualidade, não o levou a bater em seu namorado, mas a ter essas atitudes quase que histéricas em relação ao sexo. Porém, em outros casos, jovens gays têm sido levados a cometer crimes e até suicídio pelo terrível conflito que carregam dentro de si em face do discurso dominante – deificado e demonizado pela religião – contrário a homossexualidade. Mas, “Ta Serto”, a grande maioria dos que agridem e matam gays não são outros gays, e sim homofóbicos, machões que não suportam o que eles consideram a humilhiação de dois homens se amarem, além, é claro, daqueles que matam pensando prestar um serviço a Deus. Estes são os fatos. Seja inteligente e aceite-os.

        • Ta Serto, gays que batem em gays são muitas veze eles próprios vítimas da violência simbólica, e, desta forma, se tornam agressores. Conheci um carinha que tinha um amigo gay que, assim que transava, se colocava a chorar e a orar pedindo perdão a Deus por haver praticado sexo gay. E insistia para que seu parceiro orasse junto também. Neste caso, a perturbação do jovem gay, causada com certeza pela violência simbólica que o oprimia e não deixava viver em paz sua sexualidade, não o levou a bater em seu namorado, mas a ter essas atitudes quase que histéricas em relação ao sexo. Porém, em outros casos, jovens gays têm sido levados a cometer crimes e até suicídio pelo terrível conflito que carregam dentro de si em face do discurso dominante – deificado e demonizado pela religião – contrário a homossexualidade. Mas, “Ta Serto”, a grande maioria dos que agridem e matam gays não são outros gays, e sim homofóbicos, machões que não suportam o que eles consideram a humilhiação de dois homens se amarem, além, é claro, daqueles que matam pensando prestar um serviço a Deus. Estes são os fatos. Seja inteligente e aceite-os.

          • “gays que batem em gays são muitas veze eles próprios vítimas da violência simbólica”
            desculpa de viadinho que passou a gostar de mulher

            “Conheci um carinha que tinha um amigo gay que, assim que transava, se colocava a chorar e a orar pedindo perdão a Deus por haver praticado sexo gay”

            SAFADEZA é o nome desse carinha

            lembrando, a maioria são os NAMORADOS das bicholas que matam… vcs que culpam os outros pra extorquir $$

            mas nada que um trabalho decente não resolva!!

      • Em tempo: ao colocar, após a expressão “violência simbólica”, as palavras entre parenteses “humilhações, xingos, ameaças, etc.”, eu não quis com essas palavras definir violência simbólica, pois esta é definida conforme o conceito elaborado pelo sociólogo Pierre Bourdieu, mas enfatizar aspectos muito graves do que ela vai produzir de danoso contra os homossexuais e que se manifesta em muito maior medida em agressões verbais e de desprezo do que propriamente físicas, que é quando o agressor vai ao extremo. Escrever correndo tem esses problemas, ou seja, a gente acaba vendo, depois, que poderia ter escrito com mais calma e melhor.

  15. Fimalmente um pouco de lucidez no senado! Esse projeto idiota deveria ter sido jogado no lixo no momento em que foi apresentado, e seu idealizador internado em um hospício.

    • Quando o Congresso Nacional não legisla, a Suprema Corte o faz.

      Em 2011 a Suprema Corte aprovou o contrato de união civil gay.

      Algum tempo após, o CNJ determinou a conversão em casamento.

      Ainda temos, neste país, a isenção e honradez da Suprema Corte.

      E tem mais: os Ministro da Suprema Corte não são corruptos.

  16. O congresso nacional pode sim incluir penas para TODO tipo de discriminação. Mulheres, homens, religiosa, sexual, enfim TODOS tem que ser tratados como iguais.
    Seguindo esse princípio constitucional de TODOS são iguais perante a lei, é os suficiente. Agora é claro que sempre os homossexuais vão trabalhar de forma sindical, para favorecerem a classe deles, como também todas as organizações representativas o fazem. Isso se chama democracia.

    Agora você discriminar alguém porque discorda da conduta (moral, sexual,comportamental), isso sim é uma ditadura de opinião. Vivemos num país democrático e assim sendo, tenho direito de me expressar e me posicionar quanto à relação homoafetiva, dizendo que é errado pelo padrão de vida cristão.
    Tenho que ser respeitado e não discriminado. Quando um pastor, padre ou mesmo cidadão comum, se manifesta dessa forma, ele não está instigando ninguém à violência. Agora em toda sociedade existem desequilibrados que podem pegar qualquer fala, de qualquer tipo de opinião e fazer disso um motivo de ódio.
    Isso não é exclusivo de homossexuais, como querem pintar no quadro.

  17. Ta Serto, melhora um pouquinho aí os seus argumentos, brother. Poxa, assim fica difícil debater o tema contigo, pois você só sabe xingar, desqualificar, e, no melhorzinho das vezes, usar o senso comum de mentes religiosas fundamentalistas fanatizadas e tristemente alienadas. Imagina só, chamar o garoto gays com graves conflitos gerados pelo discurso dominante opressivo contra a homossexualidade de “safadeza”, entre outras pérolas, é de desanimar qualquer um, bicho.

    • .. mas não deixa de ser verdade!!

      Brincadeiras a parte, no que diz respeito à esse projeto , no qual foi retirado o crime de homofobia, cabe salientar que xingar, bater , matar … ou mesmo humilhar , seja da forma que for, deve ser considerado crime sim, mas não deve ser restrito apenas aos homossexuais.

      Quer confirmar que já existe punição para esse tipo de crime? lembram do exemplo da guarda de transito que ia multar o juiz que estava sem carteira e bêbado? Pois bem.. mesmo ele TOTALMENTE errado, conseguiu punir a guarda e, se não me engano, fazer ela pagar indenização de 5 ou 10 mil reais.. (não lembro o valor)
      E porque? pq ele havia dito “eu sou um juiz” e ela respondeu “mas o senhor não é Deus”.. apenas por isso

      • simples. nesse mesmo site, vc ve artigos de casais de gays que querem obrigar (em lei) igrejas para que os casem. querem aprovar kit gay para crianças pequenas nas escolas, nao para terem respeito, mas para que aprendam o que eh sexo (com 5 anos, diga-se de passagem)
        se fosse apenas o casamento civil, blz… mas querem mais
        Nem precisei mencionar a solicitaçao deles de troca de pai e mae para cuidadores (sim, solicitaçao deles)…. pois sabemos que quem tem cuidadores sao animais.

        nao querem respeito, (como pode ver na arruaça
        http://catolicoargrade blogspot com br/2014/05/participantes-da-parada-gay-atiram html
        ) querem que os aceitemos fazendo sexo no quintal da sua casa, para seu filho ver e TER QUE ACHAR BONITO, senao seu filho, vc e seu cachorro vao presos por homofobia.

        se essa porcaria da PL 122 fosse aceita, estariamos ferrados. a bichola iria piscar pra vc …. e vc teria que comer, senao seria declarado homofobico e seria preso.

        Caso vc continue compactuando com sua afirmação, desconsidere o que escrevi e viva sua vida “alegre” e ou me desminta. Do contrario, continuemos nessa luta.

      • simples. nesse mesmo site, vc ve artigos de casais de gays que querem obrigar (em lei) igrejas para que os casem. querem aprovar kit gay para crianças pequenas nas escolas, nao para terem respeito, mas para que aprendam o que eh sexo (com 5 anos, diga-se de passagem)
        se fosse apenas o casamento civil, blz… mas querem mais
        Nem precisei mencionar a solicitaçao deles de troca de pai e mae para cuidadores (sim, solicitaçao deles)…. pois sabemos que quem tem cuidadores sao animais.

        nao querem respeito, (como pode ver na arruaça
        catolicoargrade blogspot com br/2014/05/participantes-da-parada-gay-atiram html
        ) querem que os aceitemos fazendo sexo no quintal da sua casa, para seu filho ver e TER QUE ACHAR BONITO, senao seu filho, vc e seu cachorro vao presos por homofobia.

        se essa porcaria da PL 122 fosse aceita, estariamos ferrados. a bichola iria piscar pra vc …. e vc teria que comer, senao seria declarado homofobico e seria preso.

        Caso vc continue compactuando com sua afirmação, desconsidere o que escrevi e viva sua vida “alegre” e ou me desminta. Do contrario, continuemos nessa luta.

  18. Essa Marta Suplicy é uma COMÉDIA mesmo… CRIME RELIGIOSO????? Onde a porcaria do Senado aprova isso???? Todos os dias aparecem idiotas metendo o pau em cristãos a torto e a direito e não acontecem absolutamente nada!
    Isso porque os unicos que “odeiam os homossexuais são os evangélicos”!!
    A faça-me o favor vai!

  19. Assim como um dia no GRANDE JULGAMENTO, Cristo irá pedir aos crentes que nos séculos passados foram favoráveis a escravidão e até mataram e açoitaram seus escravos.
    Cristo pedirá conta do sangue de cada homossexual que foi morto desde que vocês e seus sujos políticos conseguiram através de conlúnios atrasar o máximo possível a criminalização da homofobia, dando com isso mais tempo aos assassinos de poder matar, mais.
    Vocês podem até não matar homossexuais mas por não deixar criminalizar os assassinos, são cumplíces e pipor mentores, cad vida tirada é mérito de vocês e seu alido o diabo.

DEIXE UMA RESPOSTA