“Vacinada” contra críticas, Marina Silva reforça compromisso de não tentar reeleição

3

A candidata Marina Silva reforçou seu compromisso de, se eleita, governar o país por apenas quatro anos, não se candidatando à reeleição. A afirmação aconteceu durante o lançamento do programa de governo do PSB na última sexta-feira, 29 de agosto.

Em seu discurso, a candidata afirmou estar “vacinada” contra as críticas que os adversários políticos queiram fazer no sentido de desqualificá-la.

Em determinado momento do discurso, Marina lembrou dos comentários feitos pelo candidato Eduardo Jorge (PV) no debate da Band sobre sua aparência física: “Falam que eu sou magrinha. Eu sou magrinha sim, mas eu venho da Amazônia. Tem uma árvore chamada biorana. Tem a biorana branca e a biorana preta. A biorana preta não fica tão grossa, mas experimenta bater com o machado: sai faísca e ela não verga”, disse Marina.

A candidata, que tem sempre ressaltado ser possível usar as experiências positivas dos ex-presidentes Fernando Henrique Cardoso (FHC) e Luís Inácio Lula da Silva (PT) para reconduzir o Brasil ao crescimento, mais uma vez citou-os para dizer que acredita que pode ser eleita para governar o país.


“O povo brasileiro que elegeu um acadêmico e elegeu um operário, haverá de eleger sim uma professora, que veio lá dos seringais da Amazônia”, afirmou, lembrando que viu “muita gente desqualificando Lula” antes de sua eleição, da mesma forma como estão tentando fazer com ela: “Intelectual tinha que dar aval para o operário poder ser presidente da República. Esqueceram muito rápido o que tivemos que passar para chegar aonde chegamos”, acrescentou.

O candidato a vice na chapa, deputado federal Beto Albuquerque, reforçou o compromisso de Marina em não se candidatar a mais um mandato e afirmou que o programa de governo que eles propõem é formado por metas atingíveis “em quatro anos, não em oito”. “Esse é o nosso compromisso”, concluiu Albuquerque.

3 COMENTÁRIOS

  1. Bem, esse papo de: “vou ficar só 4 anos” ou “pretendo governar só 4 anos” não cola até porque não existe lei que proíbe governar por 2 mandatos consecutivos. Considero essa conversa pura demagogia, afinal depois que estiverem no poder vão dizer: ‘Queria ficar só 4 anos, mas o povo quer que eu fique mais 4 para dar sequencia ao trabalho que vem sendo feito” e a legislação dá aos governantes esse direito. Portanto vamos deixar de ser demagogos, senhores(as) candidatos(as).

DEIXE UMA RESPOSTA