Famoso pastor diz que militância gay tem marcado empresas de cristãos como alvo de perseguição

52

O pastor Franklin Graham comentou os casos de atrito entre empresários cristãos e ativistas gays nos Estados Unidos e afirmou que há uma campanha organizada em curso para forçar os fiéis a ignorarem suas crenças em seus estabelecimentos.

A manifestação do pastor foi motivada pela recente decisão da Justiça do estado de Colorado que obrigou o confeiteiro cristão Jack Phillips a produzir e fornecer bolos para casamentos entre pessoas do mesmo sexo. O Tribunal de Apelações decidiu que o empresário “não pode recusar-se a prestar um serviço (normalmente oferecido por seus estabelecimento), baseando-se em suas convicções religiosas”.

“Não é nenhum segredo. Ativistas gays e lésbicas propositadamente têm marcado as empresas de cristãos como alvo e aqui está um bom exemplo […] Um Tribunal de Apelações do Colorado decidiu na semana passada que ele [Jack Phillips] não pode recusar-se a fazer um bolo para um casamento entre pessoas do mesmo sexo ou ele será multado”, disse o pastor, afirmando que essa é uma amostra da estratégia da militância LGBT.

Graham ainda elogiou a postura do empresário, que criticou a decisão da Suprema Corte que legalizou o casamento gay: “Jack está exatamente certo quando disse: ‘Não cabe aos tribunais para decidir o que é o casamento. Cabe a Deus decidir isso’”.


O líder evangélico pediu que os cristãos norte-americanos intercedam a Deus por Jack e outros irmãos que tem enfrentado situações semelhantes: “Ore por Jack e os outros cristãos que possam ser alvo aqui nos Estados Unidos, enquanto tentam viver o que eles acreditam e defender os padrões bíblicos que sabem que são corretos. A Bíblia nos diz: ‘Estejam em seu protetor; permaneçam firmes na fé; sejam corajosos; sejam fortes’. Compartilhe isso com outras pessoas que também vão orar”, escreveu Graham.

Ele não foi o único a se posicionar a favor de Phillips, de acordo com informações do Christian Post. Uma campanha foi criada na internet para arrecadar fundos para que a família do confeiteiro possa custear suas despesas judiciais. A meta é arrecadar US$ 200 mil, e até agora, US$ 30 mil já foram doados.


52 COMENTÁRIOS

    • CLAMANDO
      Só a gente clamando mesmo!
      Esses caras perderam a noção do ridículo, se um dia a tiveram.
      Casar na igreja, essa bateu todas.
      Se absurdo fosse destruição, essa da igreja daria um 8 na escala Richter.
      Pior, um cataclismo cósmico, tipo uma supernova.
      Abrem-se as portas da igreja e ao som da Marcha Fúnebre vem entrando a “noiva”.
      Seria a Marcha Nupcial, mas essa é exclusiva de casamentos de homem com mulher.
      A outra música só é tocada em momentos de grande tristeza, como esse.
      Vc olha para o rosto da noiva e toma um susto: ela não é ela, é um barbado.
      Se um dia vir isto acontecendo, quero acordar e ver que era um pesadelo.
      Senhor, poupe-nos!
      Porém vale lembrar que o governo não pode interferir na religião.
      Só seria possivel essa coisa com a aprovação do Vaticano, só no dia de São Nunca.

  1. Esse Franklin Graham é um idiota completo. Não tem 1% da empatia e eloquência de seu pai, e, na tentativa de ganhar alguma fama, vive de criar factóides e propagar asneiras.

      • Fabricio,

        faço minha parte em prol de um mundo melhor. É pouco, sim, mas tenho a consciência tranquila de não andar por aí espalhando o ódio e fazendo da religião um meio de vida, até porque ganho a vida com o suor do meu rosto.

    • VANESSA
      Oi, querida amiga!
      Essa turma acha que ficaremos paradas vendo eles agirem.
      É ditadura mesmo, algo como a GAYSTAPO, exatamente como a tristemente famosa GESTAPO, só que neste caso dos gays é para perseguir, discriminar e silenciar qualquer um que discorde de suas tenebrosas práticas.
      Pensa que é igualdade o que querem?
      Não é.
      São direitos especiais, privilégios e tratamento diferenciado.
      Tipo cotas para gays em vestibulares.
      Mas como o candidato vai comprovar que é?
      Só a palavra dele vale?
      Ou os candidatos serão encaminhados a um proctologista?
      A aprovação vai depender do estado do c…da pessoa, será isso?
      HA HA HA HA HA HA HA HA HA HA HA HA HA HA HA

      • Ha ha ha ha ha ha……..pera ae,vou rir baixo que o meu filho tá dormindo,hi hi hi hi hi……….ai amiga cê é muito engraçada cara,tô com a barriga doendo de tanto rir…..essa foi boa,gostei!

        • VANESSA
          Oi, amiga!
          A Celia falou que não apareceu mais, por causa da faculdade, essas coisas de provas e trabalhos com prazo.
          Legal que vc gostou do que eu escrevi.
          Os usuários daqui (aqueles) devem estar pulando…
          Mas achei uma coisa estranha: vc me chamando de “cara”…
          ????????????
          Eu não jogo no time do Sandro!

    • VANESSA FUI O 1o A CITAR ESTA MALDITA DITADURA GAY QUE QUER DOMINAR OS ESPACOS CRISTAOS E DEPOIS AS ESCOLAS COM PEDOFILIA E ASSASSINATOS IMPUNES JA QUE GRANDE PARTE DESTA GENTE E MACUMBEIRA, APARECEU UM VIADO CHAMDO DIOGO ALVES AQUI ZOMBANDO JUNTO COM WITNERE, VALTER, PAULO, ROQUE ETC, MAL GANHARAM VANTAGEM E JA MOSTRAM AS PRESAS!
      SO DEUS PRA NOS AJUDAR QDO ISSO COMECAR NO BR.

  2. Eles devem fazer isso mesmo, entrar nos estabelecimentos cristãos, de propósito, e exigir ser tratado(a) como qualquer outro cidadão. E caso não seja, processar. É uma forma de luta pacífica, tal como fez propositalmente Sara Parks ao não se levantar para um branco se sentar. Eles não estão pedindo que cristãos aceitem o casamento gay, mas que os tratem como qualquer outro cidadão. Nenhum cristão vai renegar sua fé, ao tratar com imparcialidade uma classe de pessoas (seja por cor, gênero, ou opção sexual).

    • EDUARDO POBRE
      ———————————————————————————————————–
      “Eles devem fazer isso mesmo, entrar nos estabelecimentos cristãos, de propósito, e exigir ser tratado(a) como qualquer outro cidadão. E caso não seja, processar.”

      Olha agora como mentira tem perna curta.
      Você acabou de dizer para fazerem “DE PROPÓSITO”, aí fica clara a provocação.
      E se o “casal” usar de má-fé e resolver aplicar um golpe?
      Eles entram na loja, se apresentam como gays (reais ou não), já avisam que querem o bolo e não vão pagar, ainda ameaçando acusar falsamente a empresa, se não forem atendidos.
      Arrumam umas testemunhas entre eles mesmos e pronto.

      É como muitos padres na Idade Média, que assediavam sexu@lmente mulheres, dizendo que seriam entregues à temida Inquisição, acusadas falsamente de bruxaria, se não fizessem sex0 com eles.

    • Princesa,

      Não há nenhuma mentira, eu fui bem claro na minha colocação: DE PROPÓSITO, como forma de luta pacífica. Entendeu agora?

      O que calotes tem haver com a questão? Um negro pode acusar falsamente o dono de um estabelecimento de racismo, e arranjar falsas testemunhas. Uma mulher pode acusar falsamente um homem de estupro. Um homem mau caráter pode convencer sua filha a acusar alguém de pedofilia, e o ameaçar etc.. etc.., e por isso certos direitos dessas classes de pessoas (negros, mulheres, crianças) vão ser negados? Argumento descabido Princesa.

      É só isso?

      • Arrasou Eduardo Nobre! Cara, você é incrível! Feliz a sua esposa, seus filhos, seus familiares, seus amigos por desfrutarem de sua presença, inteligência, personalidade e espírito sempre afinado com a nobreza de pensamento.

      • EDUARDO NOBRE
        “Não há nenhuma mentira, eu fui bem claro na minha colocação: DE PROPÓSITO, como forma de luta pacífica. Entendeu agora?”

        Não, infelizmente não.
        Essa expressão “de propósito” indica claramente uma provocação, que de pacífica não tem nada, pois muitos não querem paz nenhuma.
        É para exercerem o coitadismo, coisa que eles adoram.
        Se fosse eu, iria em outra loja e acabou-se, só partiria para processo se houvesse ofensa direta a mim.
        Veja o mesmo raciocínio por outro lado…
        E se um gay tem um amigo hétero “lindo e desejável” (palavras do Sandro) e um dia resolve que está “apaixonado” pelo amigo?
        Esse amigo vai ter de ceder?
        Ele vai falar que não gosta de homem, educada porém firmemente.
        Aí o gay vai ficar provocando, até arrumar uma briga, que será a desculpa que ele queria para uma falsa acusação de homofobia.
        Simplesmente por vingança, até porque muitos não aceitam um “não” como resposta.
        Esses dois casos tem em comum a provocação insistente para forçar um conflito, que a outra parte não deseja.
        Entendeu agora você?
        Tem mais: um dia numa banca de revistas tinha uma dessas que os gays compram, colocada contra o vidro da banca, a capa dentro e a contracapa visível de fora, na lateral da banca.
        E tinha uma frase ali, contra o vidro:

        “APAIXONOU-SE POR UM AMIGO HÉTERO? SAIBA O QUE FAZER!”

        O que você acha que há para fazer?
        Se o amigo é hétero, acabou-se, é se conformar e ponto final.
        É procurar outra pessoa e fim.
        Um gay só consegue arrumar como parceiro outro, até porque se o hétero aceitar, ele não é hétero.
        E aí, o que ele pode querer fazer?
        Não aceitar um “não” como resposta e começar a provocação, como visto acima!
        —————————————————————————————————————————–
        “O que calotes tem haver com a questão? Um negro pode acusar falsamente o dono de um estabelecimento de racismo, e arranjar falsas testemunhas. Uma mulher pode acusar falsamente um homem de estupro. Um homem mau caráter pode convencer sua filha a acusar alguém de pedofilia, e o ameaçar etc.. etc.., e por isso certos direitos dessas classes de pessoas (negros, mulheres, crianças) vão ser negados? Argumento descabido Princesa.”

        Só citei como exemplo de possível má-fé de gente que adora provocar os outros.
        Os negr0s não fazem isso que você disse, no passado até podia, mas hoje não, eles costumam ser pessoas legais e honestas (todos os que conheci eram assim), impossível que algum faça isso hoje em dia.
        Para acusar um homem de estupr0, é preciso provas materiais, senão ela é quem acaba condenada por c@lúnia.
        O mesmo da pe-do-fi-li-a, sem provas materiais nada adianta e o feitiço pode ainda virar contra o feiticeiro.
        E ressaltando que nesse caso a acusação é mais frágil que a de estupr0, pois testemunho de criança não vale nada, é facílimo de forjar.
        Acha que só você conhece o Direito, rapaz?
        ———————————————————————————————————————
        É só isso?

        Por enquanto é.
        Conheceu agora o que são idéias?
        Achou que aqui tinha alguma idiota?
        E fala pro Sandro que ele vai ter de esperar muito para ver a princesa derrotada.

      • Digo desde já, que é um prazer ter um debate cordial com Vossa Alteza,

        “Essa expressão “de propósito” indica claramente uma provocação, que de pacífica não tem nada, pois muitos não querem paz nenhuma.
        É para exercerem o coitadismo, coisa que eles adoram.
        Se fosse eu, iria em outra loja e acabou-se, só partiria para processo se houvesse ofensa direta a mim”.

        Exatamente princesa, provocação, provocar, de propósito, é o que EU acho que deveriam fazer, até os comerciantes entenderem que não se deve discriminar nenhum cidadão, seja por religião, raça, gênero, opção sexual etc., pois que provoquem, e lutem, pelos que não tem voz, pois não se deve ser passivo em situações de injustiça. Quem nada faz para mudar uma situação de injustiça, apóia o opressor. Todos somos responsáveis pelo bem que não fazemos.

        Fazer um bolo para um casamento gay, não significa estar apoiando o casamento gay, vender refrigerantes para o casamento gay, não significa estar apoiando o casamento gay, a padaria vender os docinhos para o casamento gay, não significa estar apoiando o casamento gay, a loja vender um terno para um padrinho do casamento gay, não significa que ela está apoiando o casamento gay… em nenhuma dessas situações o comerciante está negando a sua fé… assim como Deus não está apoiando o adultério, quando fornece ao adúltero, a mesma luz do Sol que ao justo, quando faz chover sobre justos e injustos, quando concede saúde, e cuida das batidas do coração do justo e do idólatra, ele não está apoiando a idolatria etc.

        “E se um gay tem um amigo hétero “lindo e desejável” (palavras do Sandro) e um dia resolve que está “apaixonado” pelo amigo?
        Esse amigo vai ter de ceder?
        Ele vai falar que não gosta de homem, educada porém firmemente.
        Aí o gay vai ficar provocando, até arrumar uma briga, que será a desculpa que ele queria para uma falsa acusação de homofobia.
        Simplesmente por vingança, até porque muitos não aceitam um “não” como resposta.
        Esses dois casos tem em comum a provocação insistente para forçar um conflito, que a outra parte não deseja.
        Entendeu agora você?”

        São coisas completamente diferentes Princesa. Eu incitei a provocação à entidades jurídicas (estabelecimentos comerciais), e ao tratamento discriminatório, não a seres humanos. Um comerciante pode odiar e/ou não concordar com as práticas dos judeus, muçulmanos, católicos, umbandistas, ciganos etc., mas não deverá discriminá-los de qualquer outro cliente, ninguém deve ser discriminado por nada, seja por raça, religião, gênero, opção sexual etc.

        E quanto ao gay insistir em provocar o hétero, e usar a tal acusações de homofobia a seu favor, saiba que há pessoas de mal caráter em todas as raças, gêneros, cores, tamanhos e sabores. O que eu já vi, de mulheres provocarem homens casados, insistindo, e fazendo falsas acusações de estupro.Eu mesmo já estive em situações, em que tive que dispensar uma mulher com muito jogo de cintura, pois sabia que ela era mal caráter, e do que era capaz de fazer para ter o que queria. E por isso, vou desconsiderar as milhares de mulheres que realmente são estupradas todos os dias?

        Essa semana eu estava voltando da Happy Hour com amigos e amigas, na centro do Rio, e no final da noite estava indo para o estacionamento, com a camisa na mão (estava sentindo calor), e falando no celular distraído, e notei um sujeito me seguindo. A rua estava bem vazia, e como não tenho medo (porque sou burro), e também porque preferia ser assaltado ali e só perder celulares e carteira, do que também o carro mais adiante, me virei e fui em direção a ele, parei a um palmo de distância dele, e cravei meus olhos nos dele, perguntando se queria alguma coisa comigo. O sujeito, bonito e simpático, se tremeu, mudou até a forma de respirar, e disse todo sem jeito que havia me achado bonito, gostado de mim, e que não teve a oportunidade e coragem de me abordar no bistrô onde eu estava com meus amigo(a)s, e que quando viu que eu já havia ido embora, veio atrás. Eu me senti lisonjeado com os elogios dele, agradeci, retribuí os elogios, e disse educadamente a ele que não era gay, brinquei (eu sei que tenho pinta e tal rs.), e batemos um bom papo. Eu o levei de volta a um lugar mais seguro, expliquei que ali era perigoso para ele andar sozinho, e depois voltei para pegar o carro. Conversamos muito, e talvez até tenha feito um amigo, e em nenhum momento ele me desrespeitou. Mas eu acho que se fosse um desses caras de heterossexualidade frágil, se tremia todo de tesão, porquê o rapaz era muito “lindo e desejável”, e aí, ou arrumava uma briga, ou ofendia o sujeito que era um amor de pessoa, ou se entregava ali mesmo rs.. sinceramente, não entendo todo esse medo de gays..

        “Os negr0s não fazem isso que você disse, no passado até podia, mas hoje não, eles costumam ser pessoas legais e honestas (todos os que conheci eram assim), impossível que algum faça isso hoje em dia”.

        Princesa, esse comentário foi extremamente preconceituoso. Não precisa dizer que os negros “costumam” ser pessoas legais e honestas, porquê os negros são pessoas como todo mundo, sem tirar nem por, tem negros honestos, safados, pilantras, gente boa, vigaristas etc.,

        Tente parar de ver as pessoas com rótulos (negros, brancos, gays, mulheres, católicos etc.)., e os veja como seres humanos, com todas as qualidades e defeitos que todo ser humano tem.

        “Para acusar um homem de estupr0, é preciso provas materiais, senão ela é quem acaba condenada por c@lúnia”.

        Princesa não seja ingênua, toda prova pode ser forjada, e para haver estupro não precisa necessariamente acontecer a penetração.

        O crime de estupro outrora definido no nosso Diploma Legal estabelecia no conteúdo do seu art. 213: “Constranger mulher à conjunção carnal, mediante violência ou grave ameaça.”, é configurado assim agora:

        Art.213. Constranger alguém, mediante violência ou grave ameaça, a ter conjunção carnal ou a praticar ou permitir que com ele se pratique outro ato libidinoso.

        Procure na internet “falsas acusações de estupro”. Há casos de homens que apodreceram inocentes na cadeia. Esse por exemplo: “Heberson Lima de Oliveira, conhecido mundialmente por ter ficado preso por quase três anos, mesmo sendo inocente. Preso em 2003 suspeito de estuprar uma menina de nove anos, ele ficou atrás das grades até que teve a inocência provada. Isolado em uma cela destinada aos homens que cometeram crimes sexuais, ele foi estuprado pelos companheiros de cela e contraiu Aids, o que fez com que a liberdade chegasse de forma tardia para ele”.

        “Achou que aqui tinha alguma idiota?
        E fala pro Sandro que ele vai ter de esperar muito para ver a princesa derrotada”.

        E para terminar, em nenhum momento te provoquei, ou lhe dirigi a palavra, eu postei minha opinião em relação à notícia, e você comentou, só estamos discutindo idéias. E muito menos te julguei por idiota.

        E não estou interessado em derrotar ninguém Princesa, somente ajudar. E se for para diminuir um mínimo do seu preconceito, e torná-la uma pessoa mais tolerante, eu iria ao chão derrotado setenta x sete vezes :D

        Tenha um bom dia Vossa Alteza, e me perdoe se em algum momento lhe ofendi sem querer.

  3. Aos idiotas que chamam os gays em luta por direitos civis igualitários de ditadura:

    que ditadura é essa que não tem exército, não tem armas, não tem prisões?

    que ditadura é essa que não tem uma bancada, como a dos evangélicos?

    Tem de ser muito imbecilizado para achar que os gays somos uma ditadura.

    Pois eu vou dizer quem esta mais perto de constituir uma ditadura:

    Religiosos fundamentalistas dominionistas teocráticos evangélicos:

    esses pretendem impor suas visões de Deus e de mundo através inclusive dos poderes seculares (poderes executivo, legislativo, judiciário), tais como fizeram na Uganda onde o parlamento majoritariamente evangélico votou uma lei draconiana condenando os gays à pena de prisão perpétua. A Suprema Corte do país, que não é evangélica, derrubou a satânica lei. Usando de bancadas parlamentares, centenas de milhares de igrejas, editoras, escolas, obreiros, pastores, leigos, etc., estão empenhados em impor ao mundo secular suas visões ditatoriais de mundo.

    Nesses, sim, podemos identificar claramente o espírito ditatorial; jamas em relação aos gays que, além de sermos uma minoria, só lutamos – e estamos vencendo! – por direitos civis igualitários. E iremos sempre à Justiça para fazer valer o direito à igualdade.

    Quem esta no comércio – eu já fui do comércio – sabe que não pode discriminar clientes.

    • Fala de gays como se fosse uma “nova espécie”, um tipo de agrupamento pronto e fechado…são pessoas normais…não se É gay, se pratica a homossexualidade…e isso pode deixar de ser feito a qualquer momento…tu és um ser humano…haaa bommm, isso sim…portanto merece sim todos os direitos civis (dados a um homem)…mas MOLDAR a sociedade à base de sua preferência sexual é cômico pra nao dizer ridículo e até perigoso, pois querem mudar a coisa mais basilar, o sentido de casamento, que é homem e mulher.
      .
      Eu não seria ignorante o suficiente para chamá-los de ditadura…isso seria estapafúrdio…mas vocês não aceitam os fatos (que vêem todos os dias no espelho) e impõem para vocês mesmo e querem impor para a sociedade que você que é homem na verdade tem “cabeça’ de mulher e vice-versa; Sem chances meu caro…o que você faz da tua vida sexual é um problema teu (pessoal), o resto da sociedade nao tem nada que ver com isso. Quer ter outro homem que tenha, mas querer essa aceitação de “normalidade” é ridículo, porque em si, a coisa nao é conforme a relação natural de continuidade da espécie.

      • Por um lado você está certo. Existem os homossexuais e os praticantes da homossexualidade, prática comum entre os garotos de programa que mantém relações sexuais com gays a troco de benefícios materiais e financeiros. Realmente o mundo está repleto deste tipo de gente. Mas não são homossexuais, são prostitutos. Esses caras um dia se cansarão da exploração sexual dos gays, se casarão com mulheres, terão filhos e simplesmente se esquecerão do que fizeram no passado, principalmente os tais “convertidos”.
        Estamos no caminho certo: existem gays e os praticantes da homossexualidade, sendo que estes não sentem qualquer afeição ou atração pelos gays. O que conta é o benefício financeiro e material que conquistam.
        .

      • CRISTÃO

        Concordo com você, cristão.
        Amor é entre homem e mulher, como a natureza os fez.
        Portanto, ele inexiste entre dois homens, a menos que Deus tenha errado ao criar a humanidade.
        E inexiste na natureza, pois nenhum animal mach0 enfia seu pê-nis noutro mach0.
        Casal é apenas a união entre homem e mulher, XX e XY.
        E eles querem mesmo impor suas práticas tenebr0sas à sociedade.
        Dizem que não, mas é mentira.
        Vivem tentando aprovar leis em seu benefício.
        Cotas para gays em concursos e vestibulares.
        Só não dizem como o candidato vai provar que é.
        Só a palavra dele não vale, então vão ter de apresentar um laudo proctológico?
        Tipo, de acordo com o estado do c…a pessoa consegue entrar na cota?
        Se um mau funcionário gay é demitido, é homofobia, mas se um hétero é demitido, aí é normal?
        Querem liberar suas demonstrações de “afeto”, até em lugares onde um casal (homem + mulher) não tenha esse direito.
        Por exemplo, numa igreja um homem e uma mulher não podem ficar se beijando escandalosamente, mas querem liberar para 2 homens.
        Direitos especiais, privilégios e tratamento diferenciado, é o que querem.
        Sei do caso de uma professora lésbic@ que proibiu as crianças de assistirem ao desenho da Branca de Neve, alegando que era ofensivo aos homo sexu@is.
        Por conter um príncipe e uma princesa.
        Agora querem banir todas essas histórias infantis e substituí-las por versões Gays.
        Querem retirar da Bíblia tudo que fala mal deles.
        É o politicamente correto passando dos limites.
        Querem retirar as palavras “pai” e “mãe” dos documentos oficiais.
        Querem acabar com o Dia dos Pais e com o Dia das Mães.
        Isso não é destruir a família?
        Os caras de pau insistem que não!
        Mas sem o pai e a mãe, o que resta?
        Qualquer coisa, menos uma família.
        Querem uma sociedade que se adapte a eles e não o contrário.
        Querem casamento na igreja, o que não vão conseguir jamais.
        Perderam a noção do ridículo, isso se um dia o tiveram.
        Se eu um dia vir isso acontecendo, espero acordar e ver que era um pesadelo.
        Deus, poupe-nos!

        “DEIXANDO O USO NATURAL DA MULHER, APAIXONARAM-SE UNS PELOS OUTROS, COMETENDO TORPEZA, HOMEM COM HOMEM”
        (Romanos)

        • voce é burra, só falou besteira

          quem é voce pra afirmar que não existe amor entre dois homens e duas mulheres ?

          errou tbm ao dizer que não existe homossexualidade no mundo animal . Saiba que existem centenas de espécies que fazem sexo gay no mundo animal. . . . . e sobre o amigo hetero do gay, que novelinha medíocre vc inventou .
          Me diga, o que faz vc pensar que o que escreve é a verdade ?
          Vá conversar com um médico, e veja a posição de uma pessoa neutra e sensata,
          Vá estudar minha filha, voce não sabe nada e quer pagar de sabidona

    • É a mesma ditadura imposta pelos negros aos cristãos quando resolveram que tinha, sim, alma, e resolveram que mudar a realidade imposta a eles pelo preconceito e a discriminação. No entanto, hoje se vê negros discriminando homossexuais.

      .

      • MAURO
        “É a mesma ditadura imposta pelos negros aos cristãos quando resolveram que tinha, sim, alma, e resolveram que mudar a realidade imposta a eles pelo preconceito e a discriminação. No entanto, hoje se vê negros discriminando homossexuais.”

        Cara, você bebeu antes de escrever esse emaranhado de letras que chama de frases?
        Um verdadeiro atentado ao português!
        Além de burr0, é anarfabeto…
        Só entendi a última, sobre os negros discriminando homossexuais.
        Acontece que ser negro não contraria a natureza.
        Não tenho amizade com nenhum de vocês, não são mulheres reais.
        E no meu grupo de amigas não aceitamos imitações, apenas héteros 100% XX.
        Não ofendemos ninguém, apenas não aceitamos quem não é 100% mulher.
        Vocês venderiam a alma para ser uma de nós.
        Dizem ainda que hoje os gays deixam as mulheres (e até os machões) loucas.
        Só uma louc@ para querer alguém que não gosta de mulheres.
        E se atraem os machões, é porque não são machões coisa nenhuma.
        Insistem na inalcançável e impossível Bíblia Gay.
        Por que não vão lá no Iraque dizer que o Alcorã0 está errado ao condenar gays?
        Ou dizer que o Profet@ deles era gay?
        Afinal, nosso Profeta, Jesus, já foi apontado como gay.
        Lá não tem esse discursinho pós-moderno de “amor livre”.
        Depois nos contem como foi…

  4. 25 de abr de 2013

    Ativista Gay dos EUA mostra qual é a REAL intenção do Movimento Gay

    Pessoal esse texto foi escrito por um gay nos estados unidos acho que todos que acham bonito a homosexualidade deveriam ler esse texto, pergunto por que sera que a midia nao o divulga.
    Podem procurar no google esse texto foi escrito nos anos 80

    O REVOLUCIONÁRIO GAY escrito por Michael Swift, da Comunidade Gay News, 
    Trechos de declarações de Michael Swift, “O Gay Revolucionário”, 

    “Iremos sodomizar seus filhos […] vamos seduzi-los nos seus colégios, nos seus dormitórios, nos seus ginásios esportivos, nos seus vestiários, nas suas quadras, nos seus seminários, nos seus grupos de jovens, nos banheiros dos seus cinemas, nos seus transportes do exército, nos seus pontos de caminhoneiros, nos seus clubes masculinos, nas suas Câmaras do Congresso, onde estiverem homens juntos com homens. […] Seus filhos serão recriados à nossa imagem. Virão a ansiar por nós e a nos adorar. 

    Mulheres, vocês choram por
    liberdade. Vocês dizem que não estão mais satisfeitas com os homens; eles as fazem infelizes. Nós, conhecedores da face masculina, da psique masculina, tiraremos seus homens de vocês. Nós os divertiremos, os instruiremos e os abraçaremos quando chorarem. […] 

    Todas as leis que proíbam atividades homossexuais serão revogadas. Em vez disso, será aprovada legislação que promova o amor entre homens. […] 

    Escreveremos poemas sobre o amor entre homens; exibiremos peças teatrais onde um homem
    afaga carinhosamente outro homem; faremos filmes sobre o amor entre os homens heróis que substituirão o amor heterossexual juvenil, insípido, sentimental, superficial e barato que atualmente domina e enlouquece suas telas de cinemas. […] 

    Nossos escritores e artistas farão que o amor entre homens seja um modismo. […] Nós levantaremos um vasto exército particular. […] A união familiar […] será abolida. […] Meninos perfeitos serão concebidos e crescerão em laboratórios genéticos. […] 

    Todas as igrejas que nos condenam
    serão fechadas. Nossos únicos deuses serão moços bonitos. […] Todos os homens que insistem em permanecer estupidamente heterossexuais, serão julgados em cortes de justiça homossexuais e serão homens invisíveis. 

    Reescreveremos a história, história cheia e desonrada com suas distorções e mentiras heterossexuais. Nós retrataremos a homossexualidade dos grandes líderes e pensadores que moldaram o mundo. Demonstraremos que homossexualidade, inteligência e imaginação estão inextrincavelmente ligadas, e que a homossexualidade é um requisito
    da nobreza verdadeira, da beleza verdadeira em um homem. […] 

    Nós também somos capazes de disparar armas de fogo […] na revolução final. Trema, hetero suíno, quando aparecermos diante de você sem nossas máscaras”. (Trecho de um artigo do Gay Community News.

      • Já expliquei ao ingênuo Luciano teórico conspiracionista, que trata-se de um texto fantasioso produzido por um único indivíduo, não representa de forma alguma comunidade gay e só um tolo imaginaria que o autor esta falando sério.

  5. Ao Cristão:

    Os gays não somos uma “nova espécie” – somos humanos.

    Não somos um agrupamento fechado e acabado – somos parte da sociedade.

    Ser gay não significa pensar como pensa uma mulher.

    Os conceitos de normalidade e natural são diferentes.

    Algo que hoje é tido como normal, em outro tempo pode não ter sido.

    Por exemplo: o negro e o gay serem livres, a mulher trabalhar, etc.

    Algo que em nossa cultura é tido como normal, em outra não é.

    A homossexualidade esta cada vez mais sendo considerada normal.

    A homossexulidade é um conceito ligado ao que é natural e isso não muda.

    e por que não muda? Porque a homossexulidade é fenômeno natural e já foi documentada em milhares de e s p é c i e s, não sendo exclusiva de humanos.

    • Sandro
      Muita das frases aqui citadas por vc são verdades, menos homossexualidade, direito dos negras e das mulheres não pode ser comparados aos gays, negro não pediu para ser preto e nem mulher para ser fêmea, o gay deseja o mesmo sexo, porque é possesso de demônios, o diabo quando pega um, para o possesso deixar a prática, é tão difícil quanto o vício das drogas, só Jesus tem a solução.
      De acordo com seu raciocínio, pedofilia e estupro etc… ainda poderá ser tido como natural e ser legalizado.

      • “De acordo com seu raciocínio, pedofilia e estupro etc… ainda poderá ser tido como natural e ser legalizado.”

        Há um erro grave em seu raciocínio: pedofilia e estupro continuarão sendo crimes porque se tratam de formas agressivas e violentas de sexo, algo que não guarda relação alguma com a homossexualidade que é manifestação de amor e mútuo consentimento. Eu não escolhi ser gay, apenas me descobri como tal. Não entendo como alguém pode supor que um gay simplesmente decide em um belo dia que começará a dar seu rabinho e chupar pênis.

        “o gay deseja o mesmo sexo, porque é possesso de demônios”

        Dialogar com esse tipo de argumento delirante é o mesmo que dialogar com uma pessoa em grave surto de esquizofrenia paranóide, ou seja, impossível.

      • MANOEL
        Já tem gente querendo descriminalizar a ped0filia, dizendo que é “amor entre gerações”.
        E ser negro não contraria a natureza.
        Esse cara foi buscar lá no País das Maravilhas os exemplos de “animais gays”.
        Ridículo…

        • Citei os animais gays, sua apedeuta, para refutar seu argumento de que a homossexualidade não é fenômeno natural. E quanto a dizer que “tem gente querendo descriminalizar a ped0filia, dizendo que é “amor entre gerações”, deve ter mesmo, mas imaginar que uma monstruosidade dessas venha a ser aprovada algum dia é algo que só passa por essa sua imaginação fértil e doentia. Vá se tratar, querida, você não esta bem.

DEIXE UMA RESPOSTA