Resultado de enquete mostra brasileiros favoráveis ao Estatuto da Família e cala CQC; Assista

31

O programa Custe o Que Custar (CQC), exibido pela Band, realizou na última segunda-feira, 05 de outubro, uma enquete com seus telespectadores sobre o Estatuto da Família, e o resultado deixou o trio de apresentadores do programa contrariados.

Ao exibir uma matéria com teor de oposição ao Estatuto da Família, o CQC abriu uma enquete perguntando “que tipos de casais devem ser contemplados no Estatuto da Família”, com a possibilidade de responder nas opções “todos os tipos” e “somente os heterossexuais”.

Ao final do programa, o resultado da enquete mostrou que a ampla maioria dos telespectadores do programa, mesmo após a exibição da matéria com críticas ao projeto, é favorável à ideia de que a família é composta por homem e mulher, como conceitua a Constituição Brasileira.

82% dos telespectadores responderam que “somente os heterossexuais” devem ser contemplados no Estatuto da Família, contra 18%, que entendem que “todos os tipos” de casais merecem ser considerados como núcleo familiar.

Em entrevista ao Gospel+, a psicóloga Marisa Lobo comentou o episódio: “A enquete do CQC só mostrou a realidade, o que pensa a população. Esta amostra reflete o pensamento que temos em relação ao tema em todo Brasil. Não adiantou a matéria sensacionalista. A imposição tem sido tão grande pelas novelas e meios de comunicação que está tendo efeito contrário do desejado pela militância televisiva LGBT… Só eles acreditam no que dizem. O povo aceita sim as pessoas como são, mas quando há o exagero nas imposições, ele mostra que não é manipulável. A mídia, bem como o Parlamento, deve prestar atenção nessa máxima. É por isso que as novelas da Globo perderam audiência. Querem forçar uma aceitação. Respeito se conquista, ou não é respeito, é enganação”, disse.

Confira:

Polêmicas

O Estatuto da Família tem causado grandes polêmicas na sociedade brasileira. O pastor Silas Malafaia já havia criticado a imprensa por se mostrar tendenciosa na abordagem do tema, dizendo que a mídia, “de maneira quase que absoluta, negou a verdade dos fatos” no que se refere ao projeto que vem tramitando no Congresso.

“Eu creio que a imprensa está aí para dar notícia, como ela é. A imprensa não está aí para defender esse ou aquele. Mas, eu lamento que a imprensa brasileira, na sua grande maioria, defende sim o ativismo gay e as causas gay”, acusou.

Já a ex-senadora Marina Silva (Rede) passou a estar na mira dos evangélicos, depois que seu partido publicou uma nota afirmando que o Estatuto da Família representa “um retrocesso”.

Para o partido Rede Sustentabilidade, “a definição de família como sendo unicamente a união entre homem e mulher […] é não apenas um retrocesso, mas também um claro desafio à Constituição e ao Supremo Tribunal Federal”.

31 COMENTÁRIOS

  1. Coitado dessas crianças o que irão ser amanha, adotados por um casal de bichas, lésbicas que referencia familiar irão ter e como irão entender que o um homem coloca o seu órgão genital no anus do outro? como irão entender isso se o anus é pra sair fezes(Que Nojo) como irão entender quando souber que a sua mãe usa a boca pra passar a lingua na vagina da outra (ECAAAA QUE NOJO) família que é família faz tudo certinho e se exagera faz em amor!!

  2. Comentários de uma Bicha vai ser sempre favorável é isso ai democracia!! “Jesus não citou pois não havia união homoafetiva ” engraçado porque será? Família é homem e mulher pode fazer a enquete que quiserem.

  3. Me expliquem o que tem haver o assassinato de uma jovem por um pastor com o assunto em discussão, e mesmo que tivesse a igreja católica foi quem mais matou em nome de deus, e se omitiu durante a segunda na morte de milhoes de judeus, porém isso nada tem haver com o assunto em pauta, se ligue.

  4. Independente de programa humorístico, enquetes, opiniões, filosofias, pontos de vistas, preconceitos, quem estabeleceu a família foi Deus.

    Então se considera família EXATAMENTE o que vemos no inicio – Adão e Eva. Nessa época – no paraíso chamado Éden – não havia pecado portanto não existia interferências exteriores, sendo assim, Deus estabeleceu a família.

    Jesus quando indagado sobre casamento, apontou o que era desde o início. Mesmo na época que Jesus vivia continuava valendo o que foi estabelecido no Éden, mostrando que o que Deus estabeleceu não muda.

    Pode se mudar o que quiserem, quem criou a família NÃO MUDA.

    • “Independente de programa humorístico, enquetes, opiniões, filosofias, pontos de vistas, preconceitos, quem estabeleceu a família foi Deus.”

      A família é de origem divina, e das famílias fazem parte também os gays seja como integrantes, seja como constituidores de famílias, inclusive com crianças adotadas.

      “Então se considera família EXATAMENTE o que vemos no inicio – Adão e Eva. Nessa época – no paraíso chamado Éden – não havia pecado portanto não existia interferências exteriores, sendo assim, Deus estabeleceu a família.”

      A metáfora de Adão e Eva faz referência, entre outras coisas, ao mito do paraíso perdido. Mas mesmo lendo o relato como literal – o que é um absurdo -, outras configurações de família aparecem após o Edén, dentre elas a família com base na poligamia (Salomão, o homem mais sábio segundo a Bíblia, teve 700 esposas e 300 concubinas). Hoje a família é constituída de muitas formas (pai, mãe e filho / mãe e filho/ pai e filho / avós e neto / tios e sobrinhos / pais homoafivos e filhos, etc.)

      “Jesus quando indagado sobre casamento, apontou o que era desde o início. Mesmo na época que Jesus vivia continuava valendo o que foi estabelecido no Éden, mostrando que o que Deus estabeleceu não muda.”

      Na época de Jesus não haviam casamentos homoafetivos, por isso ele não os mencionou, e Jesus não disse que aquela configuração era a única possível.

      “Pode se mudar o que quiserem, quem criou a família NÃO MUDA.”

      Só DEUS não muda! A família sempre mudou, e a história o prova sobejamente.

  5. Corpo de estudante assassinada por pastor é identificado em Cuiabá
    Mãe de 37 anos e filha de 16 foram encontradas mortas em Várzea Grande.
    Pastor evangélico está preso suspeito de cometer o duplo homicídio.
    O corpo da estudante Simone da Luz Feitosa, de 37 anos, assassinada junto com a filha, Aline Feitosa Souza, de 16, no último dia 28 de setembro, foi identificado oficialmente pela Perícia Oficial e Identificação Técnica (Politec), em Cuiabá. O ex-namorado de Simone, pastor evangélico de 43 anos, está preso desde o dia 2 deste mês suspeito de cometer o duplo homicídio.
    Os corpos de mãe e filha foram encontrados carbonizados em terreno baldio no Residencial Paiaguás, em Várzea Grande, região metropolitana de Cuiabá.
    De acordo com a assessoria da Politec, o segundo corpo, que seria de Aline, está em tratamento no Instituto Médico Legal (IML) da capital mato-grossense paras que as digitais da vítima sejam passem por uma regeneração. Ainda não há prazo estipulado para a confirmação da identificação do segundo corpo carbonizado.
    O caso
    Simone morava com a filha na cidade de Poconé, a 104 km de Cuiabá. No dia 28 de setembro as duas foram a Cuiabá, onde Simone estudava, acompanhadas de uma irmã dela. Ela deixou a irmã no Centro da cidade e saiu com a filha.
    Elas tinham combinado de se encontrarem em um local ainda na região central, mas mãe e filha não apareceram. A irmã então denunciou o desaparecimento à polícia. Conforme a Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP).
    Um carro com as mesmas características do veículo do pastor foi visto por um vigilante de uma obra próximo ao local em que os corpos foram encontrados.
    O pastor preso teve um relacionamento com Simone por aproximadamente dois meses no ano passado. Entretanto, os dois ainda mantinham contato. Para a polícia, é bastante provável que os dois ainda estariam se relacionando, apesar de Simone ter namorado. O pastor disse à polícia que ele e Simone mantinham contato, mas negou ter cometido os crimes.
    O carro de Simone foi localizado pela polícia na casa de uma colega do suspeito do crime, no último sábado (3), no Bairro Pedra 90, em Cuiabá. À polícia, a dona da casa informou que o pastor, que era dono de uma eletrônica no Bairro Jardim Imperial, em Várzea Grande, região metropolitana da capital, tinha pedido que ela guardasse o carro, alegando que pertencia a um amigo dele que tinha se separado recentemente da mulher e estava fazendo a separação de bens.
    globo.com

    • Emanuelle,você além de sonsa,mentirosa,falsa,dissimulada,agora também bitolada,o seu padre ligou,um gravador em você,para repetir o que ele fala,do assunto ou fora do assunto: criatura tam tam, O QUE A SUA POSTAGEM TEM HAVER COM O ASSUNTO,PERDEU A RAZÃO DA VIDA MESMO, e depois ainda,ainda diz que sou eu papagaio de pastor,o que você postou não veio de você,alguém disse posta isto,como você é incauta,simplesmente postou,sem saber o que:lembra o que lhe falei que a sua igreja católica,deixa vocês alineados,a vontade deles,no seu caso se o padre disser para de respirar,você tapa a respiração,e se ele não mandar você soltar é certo que você vai morrer por falta de ar. abra seus olhos,enquanto é tempo,depois de morta não tem mais arrependimento.

  6. Entendam de uma vez, crentes: o Conselho Nacional de Justiça, seguindo decisão da Suprema Corte (2011) em favor dos homoafetivos, estendeu aos casais gays o direito ao casamento o que significa, entre outras coisas, que esses casais passam, desde então, a constituir família, pois o que se segue ao casamento é o estabelecimento formal de uma família. Além disso, a Justiça vem concedendo aos casais gays o direito a adoção. Desta forma, as crianças que vão compor essas famílias têm exatamente os mesmos direitos e proteção das crianças que compõem família de héteros. Assim, não se iludam com as pregações mentirosas de líderes religiosos manipuladores que usam dos gays para manter-se na mídia, alavancar candidaturas e ganhar muita grana. O fato da Comissão haver excluído, do relatório, as famílias homoafetivas do conceito de família não significa nada, pois essas comissões não são infalíveis e cometem erros, como o próprio Congresso Nacional também comete erros que, depois, são derrubados pela Suprema Corte. Assim é nos Estados Unidos da América, onde a Suprema Corte dessa nação aprovou o casamento gay, e assim é também no Brasil. Aceitem que doe menos.

    • SANDRO

      Aproveita, se querem os mesmos direitos, para exigir uma vagina real, a capacidade de engravidar e de dar à luz.
      Exijam o direito de fazer sexo com um órgão sexual de verdade…ânus não vale…
      Exijam o direito de casar na igreja com vestido de “noiva”…
      Exijam a criação de contos de fadas gays como O Belo Adormecido, O Branco de Neve, Alice no País do Arco-Íris, Cinderelo…
      Exijam cotas em concursos e vestibulares (Epa, mas não são vocês que dizem que são mais inteligentes? Então por que cota, senão para terem direitos especiais?)
      Seria cômico, mas é trágico…

  7. Evangélicos, como não têm seriedade, estão sempre prestando atenção a programas humorísticos e novelas como se essas diversões populares tivessem poder político.

    Além disso, como são desconhecedores das ciências sociais, não sabem fazer a crítica social, razão pela qual se apegam a factóides e teorias conspiratórias como se fossem fatos, e sem nada entender das forças que movem e transformam as sociedades que caminham de progresso em progresso, ficam a delirar em seu gueto fundamentalista.

      • Faço sexo inclusive com meu pênis, um órgão excretor. Aliás, é o único órgão que realiza funções de excreção e reprodução, já que pela uretra saem a urina e o esperma. E você, Sidney, também faz sexo com seu órgão excretor?

  8. Que valor tem essa enquete? Nenhum! Pesquisa séria obedece regras muito estritas, têm embasamento cienfítico, muito diferente do que ocorre com essas pesquisas anedóticas.

    • SANDRO

      Anedótico é esse “casamento” de homem com homem.
      E você defendendo práticas tenebrosas como o contato anal, que não é sex0, visto que ânus não é órgão sexual, é para expelir, não para inserir coisas.
      Não passa esse documento de um pedaço de papel com assinaturas, visto que a legalidade do “casamento” não transforma o errado em certo, nem o macho em fêmea.
      Seria cômico se não fosse trágico.
      Credo , vou vomit…WAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAHHHHH!!!

    • Hummm a bixa ficou bravo porque perdeu mais uma vez! reconheço que essa bixa é inteligente pelo menos é o que parece! será se ela não copia e cola os assuntos pra mostrar que é inteligente hummm sei não, qualquer dia ela se suicida, pois perde direto e isso deve incomodar muito qualquer dia ele perde o juizo e se suicida rs

  9. Bem feito para esses sem graça.
    Agora, não é de hoje que esse programa tenta de maneira desonesta e tendenciosa, enfiar na cabeça do povo conceitos errados de família, mas eles não sabem que o povo não é idiota, o povo está mais informado.
    Mas como o Malafaia disse, a maioria esmagadora da imprensa é tendenciosa,eles mostram os fatos de uma maneira distorcida, sempre puxando sardinha para o lado dos ativistas gays (digo ativistas pois sei que os gays em sua maioria concordam com o fato de que para se formar uma família, necessita de um pai e uma mãe).
    Marina Silva por sua vez, continua em cima do muro, querendo agradar a todos e acaba não tendo credibilidade.

DEIXE UMA RESPOSTA